setembro 22, 2015

Carcinoma Espinocelular

Carcinoma espinocelular (CEC) é o câncer de pele que se origina do crescimento descontrolado das células escamosas da epiderme, a camada mais superficial da pele.

O principal fator de risco para o desenvolvimento do CEC é a exposição solar crônica, que por ação dos raios ultravioletas, leva ao dano do DNA das células da epiderme. Pessoas de pele clara, olhos azuis e cabelos ruivos e louros correm o maior risco. Conheça todos os fatores de risco para o desenvolvimento do CEC.

O Carcinoma espinocelular acomete preferencialmente as regiões da pele expostas ao Sol, principalmente a face. Na grande maioria das vezes, antes do surgimento do CEC, surgem lesões pré-malignas ou lesões precursoras. Conheça as lesões pré-malignas e saiba como o dermatologista pode ajuda-lo. Identificar, reconhecer e tratar as lesões nos estágios pré-câncer permitem o tratamento precoce e impede o desenvolvimento do CEC.

A apresentação clínica do CEC é variável – saiba quando e como suspeitar do carcinoma espinocelular. Crescimento progressivo é a regra neste tipo de câncer. Além do crescimento que pode provocar deformidades, o maior temor está na sua capacidade de se espalhar pelo corpo metástases, principalmente se acomete os lábios e outras mucosas.

O Carcinoma espinocelular tem cura e pode ser prevenido. Conheça os tratamentos do carcinoma espinocelular.

Compartilhar: / / /
Destaques
cirurgia.net
Recomendações