setembro 14, 2015

Exame das unhas – sua importância nos idosos

shutterstock_56287948A unha é uma estrutura queratinizada que tem como função primordial a defesa. Mas, ao longo dos séculos, passou também a apresentar uma função social importante. Do ponto de vista dermatológico, a unha pode revelar o estado de saúde, o estado nutricional, a personalidade do indivíduo, sua profissão e, ainda, refletir alguma doença interna.

Nos idosos, o exame das unhas pode revelar as alterações médicas que ocorreram nos últimos 6 meses – que corresponde ao tempo médio de crescimento em pessoas com mais de 60 anos. O formato, a cor, a lúnula, a superfície, a pele em torno e a diferença entre as unhas são avaliados pelo dermatologista.

É importante sabermos que o exame das unhas pode sugerir que o paciente idoso apresente alguma deficiência de proteínas, anemia, diabetes, doenças da tireóide, algum tipo de reumatismo, doenças do coração, do pulmão, alterações psiquiátricas, dentre outras. Para as pessoas que não estão familiarizadas com o estudo das unhas, chega a ser impressionante como é possível tantas informações em uma área de apenas 10cm2.

O dermatologista é o especialista que estuda e entende as unhas, incluindo tanto as alterações fisiológicas como as alterações patológicas.

Consulte seu dermatologista regularmente!

 

Compartilhar: / / /
Destaques
cirurgia.net
Recomendações

Temas Relacionados