abril 2, 2015

Rejuvenescimento do colo

Informações e tratamentos para o rejuvenescimento do coloAs marcas que se formam entre os seios costumam denunciar a idade. Elas surgem devido a hidratação inadequada, proteção solar insuficiente e, em decorrência do envelhecimento natural da pele – as fibras de colágeno e elásticas diminuem com o tempo, provocando uma espécie de frouxidão.

Outro fator que contribui para a sua formação são as chamadas “sleep lines”, as linhas que marcam a pele durante a noite. Estas, tendem a sumir no decorrer do dia. Mas, a repetição do processo diariamente levará à formação de rugas definitivas.

A boa notícia é que há diversos tratamentos que podem recuperar a pele e atenuar o problema. São eles:

Peelings químicos e Peeling de Cristal – Os peelings renovam as camadas da pele e estimulam a formação de colágeno, levando a uma suavização das linhas.

Aplicação de Ácido Hialurônico – O tratamento com ácido hialurônico injetável promove a hidratação profunda da pele. É necessário a repetição do procedimento três a quatro vezes, em períodos espaçados. Após o resultado desejado, recomenda-se a manutenção, que consiste em duas aplicações por ano.

Aplicação de Ácido-L-Polilático (Sculptra®) – A aplicação do Sculptra® também estimula a produção de colágeno e melhora as rugas do colo. São necessárias, geralmente, três aplicações, com intervalo de 1 mês entre elas. A manutenção pode ser feitas 1 a 2 vezes por ano, dependendo do caso.

Aplicação de Toxina Botulínica – Em alguns casos o uso do Botox® contribui para a melhora das marcas de envelhecimento no colo. A aplicação pode ser repetida a cada 6 meses.

Radiofrequência e Laser de CO2 Fracionado — Tratamentos com radiofrequência e laser de CO2 Fracionado também suavisam as indesejáveis linhas. No pós-tratamento deve-se evitar o Sol e fazer uso do protetor solar.

Depois de você conquistar o colo desejado, é necessário fazer a manutenção do tratamento em casa, sob orientação de um dermatologista, com produtos tópicos, e o uso de filtro solar diariamente.

Compartilhar: / / /
Destaques
cirurgia.net
Recomendações

Temas Relacionados