Celulite

Subcision

Trata-se de uma pequena cirurgia, realizada no consultório dermatológico, com anestesia local, onde o paciente é liberado logo após o procedimento, sem necessidade de internação. Com uma agulha especial, introduzida abaixo da pele, no local da depressão da celulite, cortam-se as traves fibrosas dérmicas, que puxam a pele para baixo, dando aquele aspecto de “casca de laranja” típico da celulite. Quando essas traves fibrosas são cortadas, a pele fica solta e tende a recuperar o seu relevo plano. O subcision é indicado para tratamento da celulite em estágios mais avançados ( graus 3 e 4 ), onde se percebe as depressões da celulite mesmo com o paciente deitado.

no responses

Carboxiterapia

O tratamento está na maioria das clínicas com o apelo de romper as células de gordura que agravam o aspecto da celulite. Falta unanimidade científica sobre esse efeito. Entretanto, há evidências de que a carboxiterapia tenha efeito sobre a síntese de colágeno, deixando a pele mais firme. O gás carbônico que é injetado sob a pele através de uma agulha, estimula a formação de colágeno. Este, por sua vez, aumenta a firmeza da camada  superficial da pele.

no responses

Preenchimento corporal

Informações e tratamento de Preenchimento corporal

O preenchimento corporal tem como indicação a correção de irregularidades na superfície da pele, como as causadas por lipoaspiração, cicatrizes cirúrgicas e celulite. O procedimento é realizado no consultório dermatológico, através da aplicação de Ácido hialurônico na derme, sob anestesia local. Dura cerca de 30 a 90 minutos, dependendo do local e da quantidade de produto a ser aplicado. Os resultados são vistos imediatamente e têm duração de 1 ano. Neste intervalo de tempo, o produto irá estimular a produção de colágeno, levando a uma melhora na aparência do defeito corrigido – mesmo após a absorção completa da substância.

no responses

Celulite

Informações e dicas sobre a celulite. Tratamento dermatológicoCelulite é uma das principais queixas da mulher moderna.

Tecnicamente chamada de lipodistrofia ginóide, esta alteração da pele pode atingir até 95% das mulheres e leva a diversas irregularidades que comprometem a aparência harmônica da pele.

Mas por que as mulheres são mais acometidas pela celulite?

 

Celulite é uma alteração fisiológica da hipoderme, a camada mais profunda da pele. Esta camada é composta por células de gordura e finos septos fibrosos. A celulite é o resultado de acúmulo irregular de líquidos na hipoderme, resultando nas incomodas irregularidades.

Celulite é o resultado do acúmulo irregular de líquidos na hipoderme

Celulite está associada a fatores hereditários.

A principal causa está relacionada ao hormônio estrogênio, presente principalmente nas mulheres. Em épocas onde há aumento na produção desse hormônio, como gravidez, amamentação, menstruação, pré menopausa e no uso de anticoncepcionais, a celulite pode se agravar.

A falta de atividade física e uma dieta inadequada rica em gorduras, também irão contribuir para o surgimento das estrias.

As regiões mais atingidas pela celulite são:

abdomem, quadris, culotes, nádegas, coxas e pernas.

Como a celulite é classificada?

Grau 1: As depressões só são percebidas quando a pele é comprimida. Pode aparecer até mesmo nas crianças, sendo mais comum nas adolescentes.
Grau 2: As depressões já são percebidas sem comprimir a pele. Passando a mão sobre a pele, já se percebe uma ondulação, sendo possível sentir alguns nódulos.
Grau 3: Os nódulos são bastante perceptíveis e têm consistência endurecida, demonstrando que já houve formação de fibrose. Pode haver dor local.

 

Mas enfim, existe tratamento para a celulite?

A resposta é sim.

Inicialmente, deve-se fazer uma avaliação clínica detalhada, para poder optar pelo método de tratamento mais adequado.

Algumas vezes, é preciso combinar mais de uma técnica para o tratamento adequado

no responses
Destaques